nós temos 26417 imagens em 1198 albuns e 112 categorias visualizadas 812976 vezes

The Vamps estão de volta e dessa vez no total controle, com o lançamento de seu EP Missing You. Inteiramente co-escrito e co-produzido pela banda, já está disponível em todas as plataformas digitais.

O LP de quatro faixas marca uma nova era de responsabilidade para a banda em seus 20 e poucos anos, tomando frente da música e direção criativa, além de destacar seus talentos individuais como compositores e produtores.

“Sempre estivemos envolvidos em tudo o que fizemos, no entanto, nunca sentamos juntos para planejar uma campanha inteira. Dessa vez, desde de os ensaios fotográficos, à clipes e músicas, temos estado em todos os passos para nos certificar que tudo está nos nossos conformes. Queremos que as pessoas se sintam parte desse trabalho, e é por isso que todos os detalhes tem que estar de acordo. Foi prazeroso nos envolver em cada processo,” disse a banda.

BRAD: ‘Missing You’ é uma canção que escrevi com um amigo nosso chamado Jordan Riley, ele é produtor/escritor de Newcastle e uma colaborador frequente. Nós estávamos finalizando uma música chamada ‘Hair Too Long’, e ele começou a tocar no piano essa progressão, a melodia e letra vieram rapidamente. Tínhamos outro dia no estúdio dele, então finalizamos o verso e o refrão. A música é sobre uma relação passada e a dificuldade em seguir em frente, o sentimento de procurar por amor mas não ter ou não ter terminado ainda [a relação].

TRISTAN: Grime é um gênero musical onde você tem muitas oportunidades de se expressar, geralmente há mais espaço para uma letra trabalhada e a vibe é completamente diferente do pop/rock. ‘Right Now’ é uma colaboração que ninguém esperaria e é sobre apreciar a vida e viver o momento! Eu lembro de que gravamos o verso de Konan entre dois shows, uma noite em Birmingham voltei para Londres para o estúdio às 3 da manhã e bem cedo no outro dia havia um show em Liverpool. Foi uma vibração boa trabalhar com a dupla.

‘Waves’ foi escrita por Connor Ball, em casa, enquanto tinha um tempo de folga durante o período de fim de ano.

CONNOR: Eu estava muito inspirado naquele momento, então sentei com uma guitarra elétrica e comecei a criar! O termo ‘Waves’ (ONDAS, em Português) se refere aos altos e baixos de uma relação e que podem leva-la a um fim. Também fala sobre sentimentos e um senso de sentir-se inútil, ou que você não irá encontrar alguém novo. Uma das frases até menciona: “Mesmo os fantasmas em sua casa querem ir embora.

A última faixa trata-se de uma versão acústica do hit ‘All The Lies’, lançado no último mês com dois grandes DJs.

JAMES: Ao longo dos anos, apreciamos trabalhar em nossas habilidades de gravação/produção. Nós sempre produzíamos pedaços de nossos álbuns, mas decidimos tomar frente e criar completamente tudo. Fizemos um disco por ano pelos últimos cinco anos, então queríamos tentar algo diferente. Um EP que nos leva a como começamos: instrumentos e melodia. Não usamos synth como nossas músicas anteriores, e focamos nas letras mais do que qualquer coisa.

BRAD: Nos deu a chance de experimentar e mesmo que seja uma pequena porção de canções, é uma mistura eclética. Trabalhar no mundo dançante com Krept e Konan e então em músicas como Missing You e Waves, é muito próximo do que somos como um quarteto.

deixe o seu comentário!