nós temos 25334 imagens em 1140 albuns e 91 categorias visualizadas 713597 vezes

Conversando com o Evening Standard, o guitarrista do grupo The Vamps falou sobre saúde mental.

A sensação pop frisou a importância de usar a sua plataforma sabiamente.

Ele disse: “Fiz muitos trabalhos com a United Nation para o movimento ‘He For She’ em igualdade de gênero, e as estatísticas são loucas.”

“Suicídio é a maior causa de morte entre homens até os 45 anos, mais do que qualquer coisa; três vezes mais do que mulheres, então acho que a saúde mental masculina é algo de deveríamos estar atentos e falando sobre.”

Seu colega de banda, Connor Ball, recentemente recebeu diversas mensagens após tornar sua ansiedade pública no programa This Morning. Sobre o show, Ball disse aos terapistas (The Speakmans):

“Eu sofro de ansiedade generalizada, ataques de pânico e depressão também. Na banda isso me afetou, por que eu não ia à muitos lugares como gostaria ou deveria fazer. Gostaria de sair e ver mais as pessoas.”

Falando conosco sobre a ansiedade de Ball, McVey disse: “Quando Connor falou sobre seu problema, achei um passo muito positivo na discussão sobre a saúde mental masculina, especialmente por que somos próximos.”

“Não sabíamos muito sobre ele no começo. Enquanto tudo parece estar bem como estar em turnê ou ter um álbum número um, ainda há problemas que podem afetar a qualquer um.”

“É um tópico que deveria ser mais explorado. É um tabu por gerações, onde não é considerado com a mesma gravidade que saúde física, por exemplo.”

“Com sorte é um movimento positivo onde nós podemos colocar ambos em discussão, e deveria ser algo global. Recebi muitos tuítes de fãs sobre diversas coisas, e desde que estejamos falando sobre, é [como anteriormente dito], positivo.”

A notícia vem após o grupo ter anunciado um show íntimo no Dingwalls como parte da Semana do Brits, em prol do War Child.

O músico de 23 anos disse: “Estamos muito animados para o show, é íntimo e o primeiro de 2018. Queremos apresentar War Child aos nossos fãs, queira gostemos ou não, temos a responsabilidade para com o próximo. Somos muito sortudos de termos uma plataforma onde alguns milhões de pessoas se importam com o que fazemos e dizemos, então temos que usá-la sabiamente.”

deixe o seu comentário!