nós temos 26417 imagens em 1198 albuns e 112 categorias visualizadas 813529 vezes

Os líderes das paradas fizeram um show inesquecível na semana passada, estrelando a cerimônia no London’s Roundhouse.

A banda The Vamps garantiu que o Virgin Atlantic Attitude Awards 2020, organizado pela Jaguar, decolasse na última terça (1 de Dezembro) com a abertura da maior noite LGBTQ do ano com sua incrível performance de um dos singles mais recentes “Married In Vegas”.

Brad Simpson, Connor Ball, Tristan Evans e James McVey mostraram aos milhares de espectadores que assistiram o evento online a versão dançante de uma das músicas do álbum número 1 do UK, “Cherry Blossom”.

Brad, o vocalista principal, que entregou junto aos outros meninos o prêmio GameChanger para o artista Yungblud no final da noite, falou no tapete vermelho sobre o ódio da banda pela homofobia.

“Existem muitas coisas no mundo que pra mim não fazem nenhum sentido”, ele disse. “A homofobia, pra mim, simplesmente não faz nenhum sentido.”

“Como [algumas pessoas] ainda conseguem pensar assim? Isso não deveria estar presente na sociedade de hoje.”

O rapaz de 25 anos continuou: “Então, esperançosamente, podemos desafiar isso; dê às pessoas que podem se sentir pouco confiantes ou que estão se assumindo ou que estão em uma posição estranha em suas vidas a confiança para perceber que você tem que ser você mesmo, e que amor é amor.
“As pessoas que têm algo disso em seus corpos [homofobia] não são absolutamente ninguém que queremos que nos sigam ou nos apoiem. Então, acho que estamos tentando transmitir a mensagem mais positiva e de apoio que podemos como banda.”
Reviva o Prêmio Virgin Atlantic Attitude de 2020 no seguinte link:

deixe o seu comentário!