AgendaPróximos eventos

17/09 São Paulo – Brasil
20/09 Buenos Aires – Argentina
23/09 Auckland – Nova Zelândia
26/09 Brisbane – Austrália
27/09 Sydney – Austrália
30/09 Melbourne – Austrália
03/10 Perth – Austrália
10/10 Tóquio – Japão
11/10 Tóquio – Japão
13/10 Osaka – Japão
15/10 Taipei – Taiwan
02/02 Cape Town – África do Sul
03/02 Johannesburg – África do Sul
18.01.14
Categorias: Entrevista; The Vamps

The Vamps concede entrevista para a Bliss Magazine

Por Paula Sales Compartilhe já em:

O quarteto britânico está na edição de Fevereiro da Bliss Magazine!

Confira!

Integrantes de boybands são sempre loucos. É como eles sobrevivem com fãs super loucas, fazendo coisas esquisitas como por exemplo roubar suas calças e se esconder em cestos de roupa suja! The Vamps são os novos garotos em cena, sua classificação de loucura já é bem grande! Nós sabemos, nós descobrimos…

Vocês falam com os animais?

James: Eu falo com o meu gato, Micky.
Connor: Eu falo com meu dragão barbudo!
Brad: Eu tenho uma ligação com a minha cadela Jess.

O que vocês falam?

James: Se tiver problemas com a banda, meu gato oferece palavras de grande sabedoria. Ele é um bom terapeuta e concede ótimas massagens também.
Tristan: Eu não falo com animais! Da última vez que fui tentar isso com um cavalo, ele me mordeu!

Talvez você devesse falar mais com ele agora. Diga “Vou me sentar em você”.

Tristan: Tenho bastante coisas pra fazer, e falar com cavalos não está no topo da minha lista!

Você fala com si mesmo?

Tristan: Sim, muito.
James: Você fala?
Brad: Sim! Não acho que alguém não fale… Acho que todo mundo fala com si mesmo.
James: Eu não.
Tristan: Você fala sim! Você fala tipo ‘Onde está minha pasta de dentes? Basicamente, sou o agradável.’
Connor: Tenho uma voz na minha mente.

Isso significa algo completamente diferente!

Connor: Louco!

Vocês sempre olham o cocô de vocês?

Connor: Acho que sim.
Brad: Na verdade, não!

Vocês não checam para ver se está normal?

Brad: Claro, tiro do vaso e ou uma dissecada nele.
Tristan: Não faço cocô tem alguns meses, então não saberia isso.

Achamos que você deveria ir ao médico.

Tristan: Ele sai de outras maneiras!

Não vou nem perguntar! Como vocês dançam sozinhos?

James: Eu não danço. Só canto!
Connor: Cata-vento.
Brad: Eu ia dizer twerk, mas cata-vento funciona!

Cata-vento como o ‘Willy’? Nossa próxima pergunta seria que vocês nos mostrassem, mas preferimos que não mostrem isso.

Brad: Seria um pouco inapropriado.

Totalmente. Contem um sonho recente.

James: Não, não, não, não.

Sim, sim, sim, sim!

James: Ok então! Eu tive um sonho que a mãe do Tris me beijou.

Sério?

James: Foi bem estranho. Eu não a beijei de volta.
Connor: Eu tive um sonho louco outro dia, mas não consigo me lembrar o que era.

Hm, obrigada! Já tiveram pesadelos?

Brad: Eu estava em uma catapulta à 300 pés, quase fiz cocô nas calças.

Cocô enquanto dorme, que habilidade! Vocês acreditam em fantasmas?

Connor: Eu acho que sim.
Tristan: Seria incrível. Algo como uma presença e espíritos e coisas do tipo… Deve existir alguma coisa.
James: Seria bom se tivesse.
Brad: Nunca vi um… Você já?

Sim. [Nós os contamos uma história sobre a casa assombrada de nossa avó]

Brad: Isso é LOUCO!
Connor: Eu moro perto de um asilo para pessoas com problemas mentais… É feito de apartamentos e eu moro no pomar. É estranho.

Sabe o que foi estranho? Quando aquele espelho caiu durante nossa sessão de fotos.

Brad: Isso me assustou!
Connor: Isso aconteceu por alguma outra força!

Que tal alienígenas?

Tristan: Sim, com certeza!
Brad: Alguns bem grandes e verdes.

Como eles seriam?

Tristan: Teriam tentáculos.
Connor: Nosso empresário, Joe?
James: Três orelhas ao invés de só duas.
Tristan: Não sei se eles seriam todos verdes. Se eles morassem mais próximos ao sol, seriam mais bronzeados.

Crocantes.

James: Sim, crocantes!

Vocês acham que seus brinquedos se movem enquanto vocês dormem?

Brad: Eu tinha um Pateta! Ele tinha um zíper na frente para eu colocar meu amor.

Er… você o quê?

Brad: Por que está rindo? Eu tinha quatro anos! Eu acho que ele provavelmente andou por aí, saiu pela noite.
Connor: Como em Toy Story!
Brad: Isso definitivamente acontece.

Já tentaram ser engraçados e deu errado?

Brad: SIM! O tempo inteiro! Já aconteceu comigo no palco.
Connor: Fizemos uma piada durante um show outro dia…
Brad: Nós tivemos um problema técnico, então eu contei uma piada para todos. Knock-knock?
Quem está aí?
Brad: A vaca interruptora.
Vaca interruptora qu…
Brad: Moooo (som emitido pela vaca)! Fiz isso durante um show e interrompi umas 10 mil pessoas. Foi a pior coisa que já fiz em toda minha vida.
Connor: Algumas pessoas riram.

Nós riríamos.

Brad: Isso faz com que eu me sinta melhor.