AgendaPróximos eventos

17/09 São Paulo – Brasil
20/09 Buenos Aires – Argentina
23/09 Auckland – Nova Zelândia
26/09 Brisbane – Austrália
27/09 Sydney – Austrália
30/09 Melbourne – Austrália
03/10 Perth – Austrália
10/10 Tóquio – Japão
11/10 Tóquio – Japão
13/10 Osaka – Japão
15/10 Taipei – Taiwan
02/02 Cape Town – África do Sul
03/02 Johannesburg – África do Sul
02.09.17
Categorias: Bradley; Entrevista

“É um dos melhores para quem já tocamos”, diz Bradley sobre o Brasil

Por Arthur Aguilhar Compartilhe já em:

Faltando apenas alguns dias para o único show em terras brasileiras, especialmente em São Paulo, Bradley Simpson concedeu entrevista ao famoso jornal Estadão. Na conversa, Brad fala sobre os fãs brasileiros, o amadurecimento da banda e muito mais. Para conferir, basta ler abaixo:

O Brasil tem as plateias mais animadas em shows, que impressionam artistas estrangeiros de vários ritmos. Para o grupo britânico The Vamps, que retorna ao país para show único em São Paulo no dia 17 de setembro, a sensação não é diferente.

Em entrevista, por telefone, o vocalista Brad Simpson, de apenas 22 anos, não poupou elogios aos fãs do país. “O público brasileiro, especialmente o de São Paulo, é um dos melhores para quem já tocamos.”

O grupo vem lançar Night & Day, terceiro disco de estúdio e primeiro duplo, cuja primeira parte foi apresentada em julho. A decisão de lançar um álbum duplo, segundo Brad, é que a banda se apegou a todas as composições feitas para o disco, e não quiseram deixar nenhuma de fora. As canções são influenciadas pelo folk e pelo funk dos anos 1970, mas sobretudo pelo movimento eletrônico atual.

“Acho que até as músicas mais tristes foram inspiradas pelo movimento dance.” A primeira parte tem um dueto com Sabrina Carpenter e o grupo promete mais parcerias para a segunda, sem revelar, porém, quem. Questionado sobre uma colaboração dos sonhos, entretanto, Brad não pensa duas vezes antes de responder: Ed Sheeran. Foi com um cover do seu compatriota, aliás, que Simpson foi descoberto no YouTube, há cinco anos.

“Todos nós crescemos imensamente”, afirma. “Pessoas já amadurecem naturalmente nesta fase da vida, mas acho que a nossa relação como banda, com altos e baixos, nos deixou mais unidos e cada vez mais dispostos a melhorar como músicos.”

Brad não parece ter se deixado levar pelas tentações de ser um popstar e, talvez sem querer, passa, mesmo por telefone, a imagem de bom moço. “Ainda sou muito ligado à família e aos meus amigos, a carreira traz um modo de vida totalmente diferente, mas não te muda, necessariamente, como pessoa, a não ser que você deixe”, reflete.

Os meninos The Vamps retornam ao país no dia 17 de setembro na Audio, em São Paulo. Os ingressos estão à venda no site da Ticketload, adquira já o seu!