AgendaPróximos eventos

02/02 Cape Town – África do Sul
03/02 Johannesburg – África do Sul
21.09.17
Categorias: Entrevista; The Vamps

Contigo!: Os integrantes do The Vamps estão loucos para ouvir Wesley Safadão

Por The Vamps Brasil Compartilhe já em:

A banda inglesa, que toca em São Paulo no domingo, ouviu muita gente falando do cantor brasileiro. “Quem sabe não fazemos um cover de alguma música dele”, disse Brad, o vocalista

Ao visitar pela segunda vez o Brasil, a banda inglesa The Vamps veio preparada para curtir ainda mais o nosso país. Pelo menos é o que afirma o vocalista Brad Simpson, que conversou com exclusividade com CONTIGO! “A gente tenta aproveitar o pouco tempo que temos nas cidades e, como já viemos aqui antes, tudo fica mais fácil. Já experimentei brigadeiro e fiquei apaixonado, é muito gostoso”, disse Brad. No domingo (17), os integrantes se apresentam na Audio Club e estão muito empolgados com o show, que vai ser antecedido pelo da cantora argentina Tini Stoessel.

A ansiedade é enorme, já que os fãs brasileiros são especiais para cada um dos integrantes – além de Brad, James McVey (guitarra principal e vocal), Connor Ball (baixo e vocal) e Tristan Evans (bateria e vocal) finalizam o quarteto. “As pessoas aqui tem muito amor pela música. No show que fizemos antes, as fãs cantavam quase mais alto do que a gente (risos). Elas ainda não tentaram nada de maluco! Nós só recebemos amor de todas e isso nos motiva a continuar escrevendo e fazendo shows”, revelou ele. “Queremos ver as pessoas dançando e se divertindo como e com a gente no show.”

Os quatro são muito preocupados com os fãs e fazem questão de incluir cada vez mais aqueles que têm alguma deficiência, como a auditiva. No novo trabalho da banda, o NIGHT & DAY – THE NIGHT EDITION, eles fizeram o clipe do single Middle of the Night com a participação de um casal que falava em línguas de sinais. “É a nossa vontade de ver todo mundo aproveitando a música.” O clipe foi dirigido por Mike Baldwin e tem como foco um casal – sendo a mulher a atriz surda Rose Allying-Ellis – que estão lutando para se comunicar um com o outro, e algumas partes da letra da música são comunicadas através da linguagem de sinais.

Além dos shows pelo mundo, o The Vamps ainda arruma tempo para gravar vários covers de músicas famosas e, perguntado se faria um cover de algum sucesso brasileiro, Brad disse que gostaria muito. “Falaram muito sobre o Wesley Safadão, mas ainda não tivemos tempo de ouvir o som dele. Quem sabe não fazemos um cover de alguma música dele. É um som bem diferente do nosso, mas essa é a nossa essência. O The Vamps completa cinco anos em 2017 e nosso objetivo sempre foi ouvir bandas e cantores de outros ritmos, lugares e estilos. O Wesley deve ser bem legal!”