AgendaPróximos eventos

17/09 São Paulo – Brasil
20/09 Buenos Aires – Argentina
23/09 Auckland – Nova Zelândia
26/09 Brisbane – Austrália
27/09 Sydney – Austrália
30/09 Melbourne – Austrália
03/10 Perth – Austrália
10/10 Tóquio – Japão
11/10 Tóquio – Japão
13/10 Osaka – Japão
15/10 Taipei – Taiwan
02/02 Cape Town – África do Sul
03/02 Johannesburg – África do Sul
12.04.14
Categorias: Bradley; The Vamps

‘Só quero viver como um garoto normal’ diz Brad

Por Paula Sales Compartilhe já em:

A Pressparty publicou uma notícia sobre Brad, e nessa notícia revelou que o cantor as vezes teme a fama e deseja apenas poder curtir com os amigos como um garoto normal.

Confira a notícia traduzida abaixo:

O cantor Brad Simpson, da banda The Vamps, revela que ele está um pouco apreensivo em se tornar famoso, porque ele quer poder sair com os amigos e não ser incomodado ou assediado por fãs.

O galã de ‘Can We Dance’ disse ao Birmingham Mail que quando ele saiu em sua cidade natal, ele se sentiu oprimido pelo tanto de fãs seguindo e assediando-o.  Ele diz que adoraria ser apenas um garoto normal em sua casa, agir como ele mesmo e aproveitar a normalidade.

“Tinham tantas pessoas ao meu redor, que chegou a apagar minha noção. O que é um pouco apreensivo, as pessoas estão ficando meio sem noção sobre isso. Eu fui pra minha cidade natal, mas só tinha gente vindo pra cima de mim. Eu só quero me divertir com meus amigos, mesmo que seja no carro deles ou na casa deles. Eu só quero vir pra casa e ser um cara normal.”

Ele também disse para o jornal que, pelo fato de eles estarem sempre na estrada ou no estúdio, ele ainda esta morando com os pais, já que não há tempo pra ficar muito em um lugar para justificar a mudança.

“Eu ainda estou morando em casa. Nós estamos em Londres, mas as vezes temos a oportunidade de ir pra casa. Nós estamos vivendo em um ônibus de tour peloúultimo mês.  Nada é melhor que voltar para casa, com sua própria cama e a comida da sua mãe.”

Simpson também inclui que é muito sortudo por ter amigos fiéis ao redor, que nada realmente mudou com o crescimento de sua fama. “Meus amigos próximos não mudaram em nada, o que é muito legal. Eles são exatamente iguais comigo, como se nada estivesse acontecendo.”